Reunião com a bancada federal na Aleac discute privatização da Eletroacre

Marcelina Freire

Com o auditório da Assembleia Legislativa do Acre (Aleac) lotado de trabalhadores,  movimento sindical e parlamentares foi realizado, na manhã de sexta-feira (23), uma reunião para discutir a privatização da Eletrobras distribuição Acre.  Os parlamentares se mostraram contrários à venda da empresa para iniciativa privada.

O objetivo da reunião, promovida pelo Senador Sérgio Petecão (PSB), era discutir os possíveis problemas que a desestatização pode causar  aos  trabalhadores e consumidores em geral.

Na ocasião o senador falou sobre a importância do debate para decidir os rumos que o projeto de transformar a Eletrobrás uma empresa privada.

“Eu quero ser mais um aliado de vocês nessa luta e vamos debater. O sindicato tem algumas informações para nos passar, para que nós possamos fazer esse debate com o pessoal da Eletroacre e tomar pé da situação”, destacou o senador.

Segundo o presidente do Sindicato dos Urbanitários do Acre, Fernando Barbosa,  a categoria acredita na possibilidade de barrar a privatização.

“Nós acreditamos sim e trabalhamos em um esforço concentrado com a diretoria sindicato e também com os trabalhadores da Eletroacre para que esse encontro acontecesse o mais rápido possível, haja vista que o Governo Federal quer vender a Eletrobras no dia 26 de maio deste ano”, explica.

Ainda segundo o presidente a união da bancada federal acreana fortalece a luta pela não  desestatização da fornecedora de energia elétrica no Acre e destacou ainda a importância da  empresa no estado.

“Essa empresa é de suma importância para alavancar o progresso deste estado. Ela não pode ir parar a mão da iniciativa privada, pois vamos perder muito, principalmente no campo social,  por isso estamos aqui neste encontro dialogando com os parlamentares que é quem tem acesso  direto a Eletrobrás e o Presidente da República e mostrando a inviabilidade da privatização”, enfatiza Fernando Barbosa.

O deputado federal  Léo de Brito ( PT)  também se manifestou contrário ao projeto.

“O povo do Acre é contra essa privatização. Ela vai trazer aumento de tarifa, menos investimentos no setor elétrico no estado do Acre e prejudicar os trabalhadores. É por isso que todos os partidos políticos têm que estar junto nesse processo”, afirma o deputado

Outro parlamentar que também participou foi o deputado federal Major Rocha (PSDB). ”  A grande maioria da nossa bancada é contra a privatização da eletroacre”  garante  Rocha.

Também estiveram presente Na reunião o deputado estadual Jairo Carvalho (PSD) e os deputados federais Moisés Diniz (PCdoB) e César Messias (PSB).

About the author

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *