Sindicato dos Urbanitários volta a reivindicar Data-Base dos trabalhadores do Saerb

O Sindicato dos Urbanitários do Acre enviou, no início do ano, mais uma proposta em relação a Data-base dos funcionários do Serviço de Água e Esgoto de Rio Branco (Saerb). A reivindicação principal é o reajuste salarial que hoje chega a mais de 33%, somando os três anos em que a categoria não tem um aumento nos vencimentos.

Em janeiro de 2014, o Sindicato já defendia a previsão de recursos na proposta orçamentária 2015 para arcar com a revisão-geral na ordem de 9,22%.  A Data-Base para a Revisão Geral Anual da categoria foi fixada em 1º de janeiro de cada ano.

Outra reivindicação feita pelos funcionários da Saerb é a equiparação do valor do ticket alimentação recebido pelos servidores da Sanacre, que é de R$ 700. Além disso, os trabalhadores exigem o pagamento de insalubridades aqueles que trabalham em áreas insalubres, tais como: operador de bombas, operador de ETE, soldador e entre outros.

De acordo com o diretor do Sindicato dos Urbanitários, Mauricélio França, as reivindicações foram entregues a Saerb, SEAD, Prefeitura Municipal de Rio Branco e ao Depasa no dia 25 de janeiro, mas as reuniões de negociações serão feitas a partir do dia 6 de março.

“Vamos esperar até a data pedida pela comissão de negociação, mas caso não ocorra uma resposta iremos convocar os servidores para uma Assembleia Geral e lá será decidido se vamos  fazer um manifesto, paralização de advertência ou greve”, ressaltou o diretor.

About the author

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *